Empresa

“Como na Itália”: é assim que o Funiculì Funiculà se apresenta em terra brasileira, um misto de pratos típicos regionais, com particular foco à cozinha de Nápoles, no sul da Itália. O restaurante Funiculì Funiculà está abrigado em uma construção que é patrimônio histórico da cidade, no charmoso bairro Bom Retiro. A casa, de 19XX, recebe até 90 clientes na sala interna e no terraço. O ambiente acolhedor é resultado do trabalho e do carinho do casal Giovanni Sanseverino e Marcia Starke. A união de um italiano de Nápoles e de uma blumenauense trouxe à cidade a oportunidade de experimentar a autêntica cucina italiana!

O que significa Funiculì Funiculà

foto-antigaA montanha onde se encontra o vulcão Vesúvio sempre foi uma grande atração turística na cidade de Nápoles. Os turistas faziam a subida a pé. Foi então que se pensou na Funiculare, uma espécie de trem que era também preso em cabos de aço, capaz de subir a montanha.

No dia 10 de Junho de 1880 a funiculare do Vesúvio foi aberta ao publico. Transportava oito passageiros mais o maquinista. O trajeto de 750 metros da Estação Inferior à Superior era percorrido em menos de 10 minutos.

Na ocasião da inauguração, foi solicitado ao musico Lucio Denza de compor uma música que pudesse ser o símbolo desse novo meio de transporte, primeiro na Itália: nasce assim a famosa música “Funiculì Funiculà”. O ritmo obteve sucesso imediato e ainda hoje é conhecido em todo o mundo.

Testo originale in napoletano

Aieressera, Nanniné, me ne sagliette,
tu saie addó?
Addó ‘stu core ‘ngrato cchiù dispiette farme nun pó!
Addó lo fuoco coce, ma si fuje
te lassa stà!
E nun te corre appriesso, nun te struje, ‘ncielo a guardà!…
Jammo, jammo, ‘ncoppa, jammo ja’,
funiculÌ, funiculà!Ne’… jammo da la terra a la montagna!
no passo nc’e’!
Se vede Francia, Proceta e la Spagna…
Io veco a tte!
Tirate co la fune, ditto ‘nfatto,
‘ncielo se va.
Se va comm’ a lu viento a l’intrasatto, gue’, saglie sa’!
Jammo, jammo ‘ncoppa, jammo ja’,
funiculÌ, funiculà!

Se n’è sagliuta, oi Nè, se n’è sagliuta
la capa già!
è gghiuta, po’ è turnata, po’ è venuta…
sta sempe ‘ccà!
La capa vota, vota, attuorno, attuorno,
attuorno a tte!
Sto core canta sempe nu taluorno
Sposammo, oi Nè!
Jammo ‘ncoppa, jammo ja’,
funiculÌ, funiculà!

Tradução em português da letra

Ontem anoite, Nannina, eu subi,
tu sabes onde.
Onde, este coração ingrato, mais magoado,
fazer-me não pode.
Onde o fogo coze, mas se foges,
te deixa estar.
E não te persegue e não te destrói,
somente a olhar.
Vamos, vamos,
pro topo vamos, já!
Funiculì – funiculà,

Se foi, oh bela, se foi,
a cabeça já.
Se foi, depois voltou, depois veio,
está sempre cá.
A cabeça gira, gira entorno, entorno,
entorno de ti.
O coração canta sempre um refrão:
casemos-nos, oh bela.
Vamos, vamos,
pro topo vamos, já!
funiculì – funiculà!